quinta-feira, 4 de abril de 2013

BIOGRAFIA DO ARTISTA PLÁSTICO IVAN CRUZ





O artista Plástico Ivan Cruz nasceu em 1947 nos subúrbios do Rio de Janeiro, e brincava pelas ruas de seu bairro como toda criança...

Apesar de amante da Arte, enveredou-se pelo caminho do Direito e se formou em 1970, mas nunca deixando de lado a pintura, o que mostrou frequentando a Sociedade Brasileira de Belas Artes nos anos 60 e visitas constantes ao MAM e ao Museu Nacional de Belas Artes. Em 1978 troca o sucesso financeiro do Rio pela beleza natural de Cabo Frio: o sol, o mar e seus frutos contagiam seu espírito.

No ano de 1986 resolve abandonar a advocacia e se dedicar integralmente à produção artística, e lembra que quando jovem, a primeira pintura que conheceu foi de Portinari em sua fase geométrica. A sua preocupação foi sempre com a criação e não com a cópia ou engajamento em alguma Escola já criada. Ingressa na Escola Brasileira de Belas Artes (hoje EBA) da U.F.R.J., frequentando seus bancos escolares pelo tempo que julgou necessário. Sempre acreditou ser o ecletismo a sua unidade, querendo sempre criar e não copiar apenas.

Passou a fazer uma série de exposições em Cabo Frio e demais municípios da Região dos Lagos, além do Rio de Janeiro, sempre com estilos diversos a cada exposição, passando por temas abstratos e figurativos, das mais diversas variações de sua expressão pessoal.

Em 1990, se preparando para uma exposição em Portugal, Ivan Cruz pintou seus primeiros quadros com temas de sua infância, mais precisamente suas Brincadeiras. O sucesso foi tão grande por aqui, que ele cancela sua exposição em Portugal e expõe em várias cidades da Região dos Lagos e no Rio de Janeiro.

Passou a retratar em suas telas: piões, crianças pulando corda, jogando bola-de-gude, pulando amarelinha, soltando pipa, pulando carniça e muito mais...

De 1990 até hoje, Ivan Cruz pintou cerca de 600 quadros, retratando mais de 100 brincadeiras distintas, e chamou essa série de “Brincadeiras de Criança”, que cresceu de tal forma sua expressão e repercussão que se transformou em um projeto, pois passou a reunir em suas exposições não só os quadros, mas os brinquedos retratados, oficinas de brincadeiras e confecção de brinquedos, contadores de história, além de uma ambientação com músicas da época, como cantigas de roda...Tudo nascido do sonho, da saudade e da vontade de fazer com que todos voltassem a brincar e as crianças de hoje aprendam o verdadeiro espírito dessa arte que está sendo deixada de lado hoje em dia.

Ivan Cruz baseia seu trabalho na frase que criou: “A criança que não brinca não é feliz, ao adulto que quando criança não brincou, falta-lhe um pedaço no coração”.

Sucesso total, o projeto vem crescendo com inúmeras exposições em várias instituições e espaços culturais, sempre ganhando força e aplausos das mais diversas camadas sociais e profissionais, por apresentar como importante ferramenta para as áreas de Arte-educação, Pedagogia, Educação Física, Música, Psicologia Infantil, Literatura entre outras, sempre servindo também como disseminador das Artes Plásticas no público em geral.

Em 1999, a Telemar, reproduziu oito telas suas em cartões telefônicos, numa produção de mais de um milhão de cartões na série “Brincadeiras de Criança”.

Ivan tem como objetivo divulgar o máximo possível esse seu resgate ao lúdico, à imaginação, quer incentivar ao máximo o desenvolvimento real das nossas crianças no feliz mundo das brincadeiras, fugindo dos custos e problemáticas urbanas que esse público tanto sofre nos dias atuais, confinadas a play-ground, ao à frente de computadores, TVs e videogames, desacostumadas ao convívio coletivo e ao desenvolvimento motor proporcionado por tais jogos infantis de outrora.

Hoje as imagens criadas por Ivan Cruz, podem ser vistas em camisetas, imãs de geladeira, jogo da memória, gravuras e diversas aplicações destas, pois todos devem ter acesso à Arte e à tão rico tema. Compôs também uma música, que tem letra do artista e música de Marcos Vinícius com esse tema.

Suas telas são de cores fortes e variadas de cerca de 1 metro por 1 metro (1 metro quadrado) em técnica: Acrílico sobre tela, logo chamam a atenção da garotada que se diverte,  junto aos adultos que entram em um verdadeiro “túnel do tempo” ao rever suas gostosas brincadeiras.

A “Brincadeira” já chegou até ao meio científico, onde seu filho Ivan Neto, que cursa o último período de Engenharia na UFRJ, elaborou explicações físicas para as mais diversas brincadeiras como: pião, balão, barquinho de papel...

Em junho de 2001 Ivan Cruz entra no mundo das Esculturas, onde concluiu sua primeira escultura em bronze “Pulando Amarelinha”, e até hoje fez cerca de 15 dessas brincadeiras, com aproximadamente 20 cm cada, e já esta trabalhando em esculturas em tamanho natural (cerca de 1,20m), para ambientar a Praça Américo Vespúcio, em Cabo Frio, num projeto em parceria com a prefeitura da cidade, Inaugurado dia 21 de julho de 2001 o Espaço Cultural Ivan Cruz, na galeria ArteBrasil.

Em 2002, a Prefeitura de Arraial do Cabo adquiriu a escultura “pulando carniça”, em bronze (tamanho natural), que foi instalada na praça Castelo Branco, no mesmo município.

Tem esculturas e pinturas expostas na Galeria Errol Flynn, em Belo Horizonte. No Rio de Janeiro: Funarte, Museu Nacional de Belas Artes e Museu da República são alguns dos espaços onde podemos encontrar suas “crianças brincando”.

Seu ateliê é aberto para visita agendada: 22 - 2647 2957 & 22 - 8812 6168

Textos extraídos do site:

42 comentários:

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA disse...

Prof, Irene , obrigado por acreditar no meu trabalho.
ivan cruz

Eliane disse...

Quero agradecê-lo pelo trabalho exposto, nós professores de Arte nos maravilhamos com as imagens expostas e faz nos relembrar as brincadeiras da infância,que hoje estamos tentando resgata-lá.Parabéns

Anônimo disse...

Fiquei encantada! Moro em Florianópolis e hoje durante brincadeiras com uma menina de 4 anos, neta da minha amiga de Mato Grosso, ela comentou sobre algumas brincadeiras dos quadros do Ivan Cruz. Ela me falou de tantos detalhes que resolvi pesquisar. Me senti até envergonhada por não conhecê-lo. Parabéns pela sua história, arte e por resgatar tantas brincadeiras que eu já nem lembrava mais. Gratidão!

Angela de Maria

Anônimo disse...

massa vei kkkkkkkkkkk

Cleomira Ferreira de Sousa Campos disse...

Encontrei essas obras por acaso e me apaixonei. A empolgação é tanta que montarei um projeto sobre brincadeiras com meus alunos do 1º ano para o dia das crianças e pretendo fazer com eles, releituras das obras. Parabéns!!!!

Anônimo disse...

O coco efedido

Anônimo disse...

Ivan estou encantada com suas obras e seu projeto.
Sou pedagoga e acredito neste resgate da infância através das brincadeiras.
Pretendo realizar um trabalho com a releitura de suas obras e divulgá-las entre meus alunos e colegas da Educação.
Parabéns pelo seu talento e contribuição para as nossas crianças.

elainelazzo disse...

Boa tarde.
Tenho uma dúvida: Por quê nas suas obras, tanto de pintura como de escultura, as crianças não tem rosto?
Obrigada.
Elaine
elainelazzo@ig.com.br

Anônimo disse...

oi gostaria de saber porque as pinturas e os quadros nao tem rosto

Franciele Andrade disse...

Estava eu a procura de um artista e sua obra para fazer um trabalho de leitura para a faculdade e encontro esse lindo trabalho de Ivan Cruz. Pronto artista e obra encontrados!!!
Adorei e será um prazer estudar sua vida e obra.

Anônimo disse...

estou estou fazendo um trabalho sobre obra de um artista plastico e me encantei com o ivan cruz,estou cursando pedagogia,bom de mais,tem tudo haver.

Anônimo disse...

Para nós professoras do segundo ano do ensino fundamental da Escola Criativa ,Caicó-RN,é um prazer trabalhar com as obras de Ivan Cruz,é uma viagem ,um resgate ao passado através das brincadeiras antigas,não há nada mais gratificante do quer resgata uma cultura até então esquecida por muitos,melhor ainda ver o resultado das pinturas em exposições feitas pelos próprios alunos.Professora Jakciara

Anônimo disse...

Jakciara7@hotmail.com

Marisa disse...

Boa tarde, Ivan Cruz!

Primeiramente, gostaria de cumprimentar-te pelo trabalho belíssimo que retrata as alegrias de um mundo infantil quase esquecido! Sou apaixonada pelos seus quadros e esculturas!

Agora posso me apresentar... sou professora de Educação Física da Secretaria de Educação de Educação do Distrito Federal e trabalho com crianças de 6 a 10 anos que estudam na Escola Classe 215. É uma escola de horário integral que atende 410 crianças das 7:30 as 17:30 horas.

Neste ano, trabalharemos a sua biografia e obra no primeiro semestre e queremos "abrilhantar" o nosso trabalho. Para tanto, preciso de duas informações: 1) Você dispõe de algum material pedagógico que possa auxiliar o nosso trabalho em sala de aula? 2) Você tem alguma exposição agendada para este ano aqui no Distrito Federal?

Desde já agradeço!

Anônimo disse...

Adoreeeeei ! Parabéns pelo trabalho !

Silvia Higa disse...

Excelente trabalho, parabéns!

Unknown disse...

Muito bom, parabéns pelo trabalho, tentarei desempenhar o melhor possível de um parecido com meus alunos... beijos

Anônimo disse...

Eu sou titi do broonks e eu gosto de muita s bronkeadas e curto slipknot e acho legal o luan satan tnb

Anônimo disse...

chavoso

Anônimo disse...

mt loko
vei

Anônimo disse...

mto zika mlk loko

Matheus S de Oliveira disse...

da hora

luiz phellipe disse...

eu sou gay

Matheus S de Oliveira disse...

eu dou bastante o meu rabo todos os dias

Maria Celia Frois disse...

Meu nome é Maria Celia Frois, sou professora de Educação Infantil da Prefeitura de São Paulo e pretendemos trabalhar um projeto sobre a cultura popular brasileira por meio do resgate das brincadeiras com a minha turma de 24 alunos de 02 a 03 anos e para enriquecimento do nosso trabalho pretendemos usar a apreciação das suas obras, que creio, será de grande valia e despertará interesse e a criatividade dos pequenos. Também gostaria de estreitar contato para que soubesse mais sobre cada uma. e assim poder falar com mais propriedade para as crianças.
Desde já agradeço a atenção

Ana Pacheco disse...

Esse ano, a escola onde trabalho fará uma vernissage sobre Ivan Cruz! Estamos encantadas com sua obra. É muito bom recordar brincadeiras que hoje, infelizmente não vemos mais! Parabéns Ivan Cruz pelo belo trabalho. Niterói /Rj

Escola Rachel de Queiroz disse...

EPG RACHEL DE QUEIROZ
BOA TARDE,

SOMOS DE UMA ESCOLA DE ED. INFANTIL DE GUARULHOS E DIA 04/12/15 TEREMOS UMA EXPOSIÇÃO DE LIVROS CONFECCIONADOS PELAS CRIANÇAS; DUAS DE NOSSAS PROFESSORAS ESTÃO HOMENAGEANDO O TRABALHO DO IVAN CRUZ QUE ESTÁ EM CONSONÂNCIA COM A PROPOSTA DA ESCOLA, PRINCIPALMENTE PORQUE TEMOS UMA CRIANÇA QUE É DEFICIENTE VISUAL SENDO BENEFICIADA PELAS BRINCADEIRAS VIVENCIADAS. PARABÉNS AO ARTISTA!

Paulo Ferrari disse...

Amei, eu estou fazendo um trabalho de escola e estou extraindo os textos daqui. Muito Obrigado

Rosi disse...

Boa tarde!!! Sou diretora adjunta de uma creche no município de Itaguaí e quero compartilhar com vcs o belíssimo projeto que estamos trabalhando com nossos pequenos embasado nas obras de Ivan Cruz. O nome do projeto: "Semana Mundial do Brincar". E através de suas obras estamos resgatando brincadeiras antigas da infância que até então, não conheciam... estão amando. Quero aproveitar e parabenizar e agradecer o grande artista Ivan Cruz pelo belíssimo trabalho.

Sandra Gomes disse...

QUE GRAÇA VC E SUA ARTE!
Amei tudo que vi e gostaria de fazer uma releitura de seus quadros, para abrilhantar meu espaço de recreação. Espero conseguir alguém com esse Dom, aqui no DF.

Ramoniele De Jesus Alves disse...

Rsrsrs e nem precisa ter rosto, de cara nota-se que as crianças estão se divertindo muito com o brincar basta ter um pouco de infância dentro de nós e imaginação ;) . Parabéns querido Ivan sou sua fã.

Patricia Silos disse...

Ivan...

Meu nome é Patricia, sou de uma escola de Curitiba ( Escola Projeto Lápis de Cor) e nosso projeto é BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS.

Conhecemos o seu trabalho e as crianças estão encantadas!!

Adoraríamos poder te encontrar um dia!!!

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA disse...

Boa noite Patricia.
Para contactar-me encaminhe e-mail para :

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA disse...

Encaminhe e-mail para : ludguerra@gmail.com
Obrigado

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA disse...

Pergunta para o Ivan Cruz:
– Porque suas obras não possuem rosto?
Resp.:
– Essa Série “Brincadeiras de Criança”, surgiu após a criação de um trabalho absolutamente abstrato (uma pintura figurando em uma tela uma imagem que não existe referencias na natureza), sempre estou procurando o “novo”.
Como sempre trabalho em Série, apareceu a 1ª pintura em 1990 o Quadro “Crianças na Praça” com esse formato que deu origem a Série “Brincadeiras de Criança”, não me preocupando em fazer um trabalho clássico (como Leonardo da Vinci, Michelangelo, entre outros), com a preocupação com as perspectivas e as formas clássicas.
Existe rosto, mãos e pés, mas não nas formas convencionais, tanto é que as pessoas, as crianças conseguem concluir a forma que são crianças brincando.

Com muito carinho, Ivan Cruz.
Continuem brincando muito !!!

Ana Muller disse...

Lindo demais o seu trabalho. Vo trabalhar com meus alunos da Educação infantil.

FERNANDA disse...

PARABÉNS IVAN CRUZ!
CONHECI SEU TRABALHO ATRAVÉS DE UMA PESQUISA DO CURSO DE MAGISTÉRIO SOBRE BRINCADEIRAS DE CRIANÇA E... SIMPLESMENTE ME APAIXONEI POR SUAS OBRAS!!!

Livia Silvério disse...

Agradeço ao artista Ivan Cruz, a alegria de nos proporcionar tamanho privilégio de prestigiar suas belíssimas obras. Atualmente estamos desenvolvendo atividades de releitura e confecção de brinquedos com nossos alunos, a fim de, despertar o gosto pelo lúdico e a atividade em grupo, já que a maioria das crianças passam a maior parte de seu tempo em aparelhos eletrônicos.
Parabéns!!!

Cleiton Silva da Assunção disse...

Você é o melhor Ivan crus

Unknown disse...

Olá sou de Cotia SP, a escola no qual leciono (Educação Infantil), durante este ano irá trabalhar o Projeto Ivan Cruz. Estou aos poucos aprendendo sobre as suas obras!

Andreia Costa disse...

Ah, como amo esse artista! Sempre procuro trabalhar com meus alunos suas obras para fazerem releituras e trabalhar as cores, traçados e arte. Parabéns, seu trabalho é encantador. Um dia te dou um abraço.

Alessandra Santana disse...

Meu Deus. Eu até me emocionei agora: minha filha de 4 anos está estudando na escola sobre ele e de repente me perguntou sobre a se eu sabia da historia dele. Na mimha ignorância, disse que não conhecia, ela me deu uma aula, disse que ele era advogado, mas que sempre gostou de arte, pintou obras de brincadeiras de criança, que foi morar em Cabo Frio, etc... Fiquei emocionada e espero levá-la para ver as obras dele em breve.